sábado, 6 de outubro de 2012

ANÁLISE DO FILME "ENJAULADOS"




Elaborar uma síntese do filme, identificando o tema central, aplicando os conceitos que envolvem a situação de ensino/aprendizagem segundo a Teoria behaviorista. Levante uma breve discussão sobre a questão da liberdade humana.
Walmsley é um professor substituto de uma escola publica nos Estados Unidos, ele teve que dar aula a alunos rebeldes, que iam para aula de detenção, estes alunos o enfrentavam a todo o momento, mas isto não ocorria só com ele, mas com os outros professores também. A escola era controlada por ideias religiosas e pelo poder dos pais dos alunos, pois nela os alunos não poderiam ler livros, pois estes estimulariam a imaginação, abrindo assim as portas para o “Diabo” entrar em suas mentes.
 Walmsley bola um plano para enganar a todos e colocar em pratica um método para mudar o comportamento de seus alunos, então ele inventa um teste que serviria para um estagio e diz que seus alunos foram aprovados, assim o professor consegue sequestrar os seus alunos sem que ninguém desconfiasse, já que pensavam que eles estão num estagio.
O professor colocou os sete alunos em jaulas eletrificadas e os condicionou a vários estímulos neutros, como a musica que tocava sem parar por vários dias e os choques cada vez que um dos alunos tinha um mau comportamento, com isso os alunos diminuíram o mau comportamento, pois sabiam que seria punido com um choque, o professor ensinava conteúdos distintos e os alunos liam vários livros. Os alunos ganhavam coisas cada vez que aprendiam, com o aprendizado eles mudaram o seu comportamento, pois segundo a Teoria Behaviorista se ouve mudança no comportamento então ouve aprendizagem.
O professor que teve a ajuda de um dos alunos e de uma professora simulam suas mortes, e os alunos enjaulados fogem, mas tudo isto estava nos planos de Walmsley, estes alunos voltaram para a sociedade com um comportamento total mente diferente, eles viram que ocorreu uma coisa boa em suas vidas apesar de terem sido enjaulados, mas é obvio que não devemos enjaular pessoas para ensina-las, a Teoria Comportamental pode ser usada em sala de aula de uma maneira bem menor radical que a de Walmsley.

Um comentário:

  1. Pensei ver mais um filme como os antigos sobre ensino, cada um interessante à sua maneira, porém o que me desesperava é que em Enjaulados os alunos tidos como problemáticos nem eram tão especificamente difíceis, os professores amarrados às leis caíam em embustes muito simplórios - assédio, palavrões, humilhação, etc.. - e diversas outras situações eram muito superficiais - relações entre alunos, entre estes e o professor e entre direção e professores.
    Momentaneamente ocorreu algo um tanto Trash, a meu ver: tais alunos foram conduzidos pelo protagonista principal até um local ermo em que acordam nus dentro de jaulas elétricas! Algo que todo professor ou orientador até pensaria em fazer, mas realizar nunca! E dá-lhe Pavlov e estes alunos, após muitos dias de choques, humilhações e privações diversas, começam a mudar totalmente, desde o modo de pensamento até às ações propriamente ditas.
    Não importa como acabe a película, nos deixa a pensar se vale a pena extrapolar determinados limites éticos, legais ou outros à custa de mudanças valorosas nos modos educacionais de nossas crianças. Sim, realmente isto nos deixa matutando: Vale a pena mandar numa criança em sala de aula se ela já é mandada fora dela? Vale a pena berrar e humilhar uma criança se ela já passa por isso fora da escola? Vale a pena massacrar um jovem se fora de sala de aula ele apanha muito de seus responsáveis? Vale a pena ensinar algo distinto à custa do nosso aluno desgostar tremendamente de nossa matéria? Fica aí mais um bom filme a ser exibido a todos e mesmo a alunos maiores.

    ResponderExcluir